Trabalhador consegue a Rescisão Indireta do contrato de trabalho na Justiça em São Gonçalo - RJ

Postado 2017/04/20

A empresa atrasava o pagamento dos salários (também não pagava a integralidade); estava sem depositar o FGTS há mais de 1 ano; e nunca pagou auxílio-transporte.

Além disso, quando contratou o trabalhador assinou a CTPS somente após 2 anos.

O Juiz entendeu que a justa causa por parte do empregador estava configurada e condenou a empresa a retificar a admissão, a pagar todas as verbas rescisórias, multa de 40% do FGTS, recolher INSS e FGTS e a pagar auxílio-transporte de todo o período trabalhado.

 

Além disso o trabalhador também terá direito a sacar seu FGTS e receber Seguro-Desemprego.

---

Processo nº: 0100397-43.2016.5.01.0264
Atua na Ação o Advogado Ivo Sales